O faturamento das empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura aumentou 21%. Passou de R$ 491,5 milhões, em 2008, para R$ 515,9 milhões, em 2009. O dado faz parte do relatório de impacto do Programa Aventura Segura do Ministério do Turismo (MTur), em parceria com a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta), apresentado no dia 9 de agosto, em Brasília.

Anualmente, os segmentos atendem 5,4 milhões de turistas em busca de aventura, diversão e atividades ao ar livre. Segundo o relatório, o ecoturista e o turista de aventura têm gastado mais no país. Em 2009, o gasto médio dos aventureiros foi de R$ 293,00, crescimento de 161% em relação a 2008, quando registraram-se R$ 112,00.

Hoje, estima-se que existam 2.067 empresas relacionadas ao segmento de turismo de aventura e ecoturismo no Brasil. Essas empresas empregam 11.637 funcionários.  Na alta temporada, o número de funcionários chega a 18.541.

Fonte: http://www.abeta.com.br/pt-br/nt.asp?nt=909

Mangue Seco – BA Fonte: Jaime Barros