Gerenciar um extenso banco de dados contendo diversas informações sobre os prestadores de serviços e estabelecimentos do setor turístico. Esse é um dos objetivos do Cadastur, mecanismo de cadastro criado pelo Ministério do Turismo (MTur) que tem ampliado o seu leque de informações e abrangência no território sergipano.  Em Sergipe, nos últimos dois anos o Cadastur teve um aumento relativamente considerável se comparado com os anos anteriores. De um total de 304 cadastrados em 2007 saltou para 390 cadastrados até início de março de 2010, dentre guias de turismo, hotéis e pousadas, agências de turismo, bacharéis em turismo e organizadoras de eventos.

O cadastro é executado em Sergipe através de uma parceria com a Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), por meio de um núcleo do MTur instalado nas dependências físicas da empresa. Paulo Barros, coordenador regional do Cadastur em Sergipe, explica a prioridade em 2010 é realizar visitas técnicas visando atender todos os municípios do estado a fim de cadastrar todos os prestadores de serviços turísticos existentes em cada um deles. “Pretendemos cadastrar e renovar 100 % dos prestadores de serviço”, afirma ele ao acrescentar a importância do cadastro.

Esse cadastro é uma exigência do Ministério do Turismo para que os prestadores de serviços turísticos possam usufruir de alguns benefícios e vantagens do governo federal. Dentre os benefícios está o acesso a financiamentos em bancos oficiais, a participação em programas de qualificação, o apoio à promoção de feiras e eventos nacionais e internacionais e participação em ações do Ministério do Turismo.

Além disso, em 2010 também será realizada um campanha de conscientização direcionada a empresários e consumidores sobre a importância do Cadastur. Essa é uma forma de estimular o cadastro. Como parte deste objetivo o MTur lançou no ano passado uma campanha de combate à pirataria, como o objetivo de atingir através de propagandas tanto os profissionais de turismo quanto alertar aos turistas para não aderir a serviços cujos profissionais não estejam cadastrados.

Cadastro

Para que a pessoa física ou jurídica possa efetuar o cadastro no sistema federal deve preencher um formulário de inscrição disponível na internet e na sede da Emsetur, apresentar a documentação exigida e aguardar a homologação pelo Ministério do Turismo. O cadastro tem validade de dois anos, contados a partir da data de homologação, requerendo após esse período uma renovação para atualização dos dados.

A taxa de inscrição que antes era cobrada tanto para cadastros iniciais quanto para renovação foi extinta em maio de 2009, o que segundo Paulo Barros “é um estímulo a mais para as empresas aderirem ao programa”.

Abaixo segue link para informações e documentação necessária:

Pessoa Jurídica (http://200.143.12.71/cadastur/htm/pessoaJuridica.html)

Pessoa Física (http://200.143.12.71/cadastur/htm/pessoaFisica.html)

Fonte: turismosergipe.net