Investimento em promoção turística na América do Sul aumenta 20% em 2009 Brasília (04/02) – O Ministério do Turismo, por meio do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), vai investir R$ 11 milhões na divulgação dos destinos turísticos brasileiros na América do Sul em 2009. O valor é 20% maior do que o investido em 2008 e demonstra a importância dos países vizinhos na captação de turistas estrangeiros em meio à crise financeira internacional. “No cenário econômico atual vão prevalecer as viagens de curta duração, inclusive as que podem ser feitas via terrestre”, afirmou o ministro Luiz Barretto, em visita a Buenos Aires, nessa terça-feira (03/02), e Santiago, na manhã de hoje (04/02). Barretto reuniu-se com empresários do setor e autoridades do turismo dos dois países. A Argentina é o maior emissor de turistas estrangeiros para o Brasil. Os números oficiais só devem ser fechados no final de março, mas estima-se que 950 mil argentinos tenham visitado o país em 2008. O Brasil recebe 22% dos 4,3 milhões de argentinos que viajam para o exterior. Como se trata de um mercado que conhece bastante o produto turístico brasileiro, o incremento nos investimentos deve aumentar o contingente de turistas argentinos em cerca de 2% ao longo de 2009. O investimento na Argentina será de R$ 5,4 milhões. Os chilenos que fizeram turismo no Brasil em 2008 devem chegar a 275 mil. Com o aumento dos investimentos, que serão de R$ 3,2 milhões, espera-se que esse número chegue a 300 mil em 2009 (crescimento de 9%). O aumento do número de visitantes chilenos foi expressivo nos últimos três anos. Em 2006, o país ocupava o 11o lugar no ranking de emissores, com 148,3 mil chilenos em visita ao Brasil. Hoje são o quinto maior grupo de estrangeiros a visitar o País, depois dos argentinos, americanos, portugueses e italianos. Nos dois países, a maior parte do investimento, 70%, será em publicidade e no contato com o consumidor final. Outros 20% serão destinados às empresas de turismo e o restante ao trabalho de relações públicas (o contato permanente com os meios de comunicação dos países emissores e a promoção de viagens dos jornalistas estrangeiros ao Brasil). Uruguai, Peru e Paraguai também estão entre os países sul-americanos onde haverá investimento para a atração de turistas.

Fonte: MTUR