http://img.datatravel.com.br/galeriasV2/Operadoras/76/Pacotes/Foz%20(10).jpg


O Destino Iguaçu figura na lista da ICCA (International Congress and Convention Association), mais importante entidade mundial do setor, como 6º destino que mais recebe eventos internacionais no Brasil  e está na preferência dos organizadores de eventos. O ranking é do ano de 2007 e a meta do Iguassu Convention & Visitors Bureau (ICVB) é de levar a cidade para ficar entre os três primeiro lugares em 2009. O Congresso como o Mundial de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica, que reuniu cerca de 3 mil participantes entre congressistas e staff, comprova a capacidade de infra-estrutura que Foz do Iguaçu possui para sediar grandes eventos.

Para alavancar o setor, o ICVB trabalha na busca de novos eventos internacionais e uma das ações que está em andamento é o programa Conheça o Destino do Mundo que visa apresentar a infra-estrutura hoteleira, de eventos, gastronomia e de turismo de lazer e de compras da região Trinacional, para empresários organizadores de eventos nacionais e internacionais. O primeiro grupo, composto por 7 empresários, chega a Foz na sexta (22), vindos do Rio de Janeiro e São Paulo. “Para alavancar o setor de eventos, precisamos mostra que Foz possui infra-estrutura necessário e competente para receber eventos de níveis elevados e tamanhos variados”, aponta o presidente do ICVB, Enio Eidt.

Centros de eventos

Hoje Foz do Iguaçu possui 5 centros de eventos dentro de hotéis e mais o Centro Internacional de Convenções. Cada um dos hotéis oferece espaços modernos, multifuncionais capazes de concentrar auditório principal e paralelo, ou seja, transformar em salões menores através das paredes moduladas e a prova de som. Todos eles oferecem conexões com web, ar condicionado central, fibra ótica, grupos de geradores de energia, proteção acústica, além de estacionamentos amplos, camarins, cabines para tradução simultânea e sonorização.

Turismo de negócios

Segundo estimativa da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC) o setor de Turismo de Negócios e Eventos no Brasil deve crescer entre de 7% a 10% neste ano. Entretanto, ressaltou que o segmento de eventos está suscetível ao impacto de vários fatores, como a situação econômica do país, questões políticas, problemas relacionados à aviação civil, mas que nem sempre as crises impactam negativamente nesse setor.

O segmento de Turismo de Negócios movimenta cerca de US$ 4 trilhões por ano no mundo, segundo números da ABEOC. No Brasil, o setor envolve cerca de 80 milhões de participantes, gerando 2,9 milhões de empregos diretos e indiretos no Brasil, representando o impacto em 54 setores da economia.

Outros números corroboram para o desenvolvimento do setor. De acordo com os Indicadores Econômicos das Viagens Corporativas, um estudo realizado pela USP, o valor movimentado pelo turismo de negócios no Brasil anualmente é de R$ 33,6 bilhões, com geração de 260,5 mil empregos. As empresas gastam, por ano, R$ 15,5 bilhões em viagens. Em 2006, o segmento de transporte aéreo consumiu 59,4% dessa receita; eventos representam 6,2%; hospedagem representa 29,1% e locação representa 5,1%.

Fonte: Revista Pesquisa