De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (28), pelo Banco Central (BC), US$ 426 milhões ingressaram na economia do País no último mês por meio do gasto de turistas estrangeiros. O valor, 24,91% superior aos US$ 341 milhões registrados em junho de 2007, rende ao mês o posto de melhor junho de toda a série histórica – iniciada em 1969. Já o acumulado do semestre chega a US$ 2,899 bilhões, volume 19,02% maior que o registrado nos primeiros seis meses do ano passado (US$ 2,436 bi).
Esta é a primeira vez que o desempenho de um primeiro semestre do ano encosta na casa dos três bilhões de dólares – o melhor da série até então havia sido o de 2007. Além disso, o acumulado nesses seis meses, por exemplo, já é superior a toda a receita turística arrecadada ao longo de todo o ano de 2003, quando ingressaram US$ 2,479 bilhões na economia brasileira por meio do turismo internacional.
“Os sucessivos recordes em entrada de divisas por gastos de turistas estrangeiros demonstram que a nossa política de promoção internacional do Brasil está no rumo certo: trazer mais turistas, que gastem mais e fiquem mais tempo no País. É apostando neste trinômio que pautamos as nossas ações no exterior”, declara o ministro interino do Turismo Luiz Barretto. “Ficamos muito satisfeitos ao comprovar que o trabalho desenvolvido pelo Ministério do Turismo, por meio da Embratur [Instituto Brasileiro de Turismo], está colocando o setor entre os principais produtos da balança de exportações do País.”
A presidente da Embratur, Jeanine Pires, reforça que o turismo é um dos grandes setores indutores da economia nacional. “Se compararmos o setor com os principais bens exportados pelo Brasil, em 2007, o turismo fica na quarta posição, à frente dos automóveis. Na pauta de serviços, é o primeiro da lista, seguido por transportes [19,2%] e serviços prestados às empresas [12%].”
Recorde de 2007 – Números do BC divulgados no início do ano também atestam que 2007 foi o melhor da história do turismo brasileiro em relação ao ingresso de divisas por meio do gasto de turistas estrangeiros. O Brasil fechou o ano passado com US$ 4,953 bilhões recebidos com a atividade, volume que superou em 14,75% os US$ 4,316 bilhões registrados em 2006 – até então a melhor marca da série histórica.

Fonte: EMBRATUR